Recomendações

(5)
Juan I. Koffler Anazco, Cientista Político
Juan I. Koffler Anazco
Comentário · há 4 anos
Irretocável, meus caros colegas.
A zaga de Ted Bundy, contudo, parece ter iniciado mais cedo (aos 14 anos de idade), quando vitimou Ann Marie Burr (de apenas 8 anos). O assassinato de Kimberly Leach (de apenas 12 anos) foi que lhe rendeu a pena de morte na cadeira elétrica.
Bundy aplicava uma metodologia de terror, para tanto servindo-se da presença de uma vítima ainda não agredida que presenciasse as torturas e a morte de outra, antes de ser "sacrificada". Outro detalhe interessante - acrescido por um psicanalista que o observou - era o extremo estado de excitação sexual ("turn-on") de Bundy diante do terror demonstrado pela vítima antes de ser morta: atuava como um potente afrodisíaco causando-lhe ereção duradoura. Era nesse momento que, segundo Kevin M. Sallivan, Bundy liberava o monstro que nele habitava.
Sendo ele seu próprio advogado defensor, Bundy tinha certas regalias (como livros de direito que acessava diretamente na biblioteca da Corte Judiciária de Aspen; máquina de escrever; escrivaninha; liberdade de telefonar sem estar sob censura, etc.). No horário de relax do dia 7 de junho de 1977, às 07:00 h, solicitou que o levassem à biblioteca do Fórum da comarca para continuar suas pesquisa que fundamentariam sua defesa. Atendido, aguardou já na biblioteca o horário do meio-dia (quando todos saem para o almoço). A porta da biblioteca (situada no 2º andar) mantinha-se guardada por um policial armado, do lado de fora. Assim, Bundy sorrateiramente esgueirou-se pelas prateleiras, alcançou uma das janelas que davam para a rua, e fugiu.
A notícia logo se espalhou - "Bundy fugiu!". Mas decorrida uma semana da fuga, Bundy foi recapturado não por ter sido reconhecido, mas por estar dirigindo como bêbado.
Os meandros da história deste "serial killer" renderam bons livros e até filmes. Em suma, foi "fritado" por merecimento.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Porto Alegre (RS)

Carregando

Bernardo de Azevedo e Souza

Entrar em contato